Português Italian English Spanish

Inter oficializa contratação do lateral Zeca por quatro anos

Inter oficializa contratação do lateral Zeca por quatro anos


Demorou, mas, enfim, está oficializado.

Demorou, mas, enfim, está oficializado. Após superar todos os trâmites burocráticos, Zeca é o mais novo reforço do Inter. O lateral assinou contrato de quatro anos e foi oficializado no site do clube nesta segunda-feira.

No último sábado, Zeca já comemorava o acerto. Em sua conta do Instagram, celebrou o acordo com o clube gaúcho. O jogador exibiu um coração e dois ícones nas cores vermelha e branca, além da mensagem: “Obrigado, Deus, por tudo”.

Após encerrar o imbróglio jurídico com o Santos, Zeca chegou a Porto Alegre na última quarta-feira e já realizou os exames médicos protocolares para assinar seu contrato com o Inter, com duração por quatro temporadas.

Troca por Sasha

Zeca estava em litígio com o Santos desde o ano passado, quando foi à Justiça pedir a rescisão do contrato por supostos atrasos no recolhimento do fundo de garantia. Ele conseguiu uma liminar quando o caso chegou ao Tribunal Superior do Trabalho (TST), no fim de 2017. O imbróglio acendeu o interesse de muitos clubes, inclusive o Inter, no lateral.

Como Eduardo Sasha, emprestado pelo clube gaúcho ao Peixe, começou a se destacar, surgiu a possibilidade de envolvê-lo na negociação. O Santos queria um vínculo mais longo com o atacante. A situação avançou quando Zeca retirou a ação que movia contra os paulistas. Foi o último passo para o negócio ser concluído.

O contrato do lateral com o Inter valerá por quatro temporadas, com Eduardo Sasha cedido pelo mesmo período ao Peixe. O acordo prevê ainda uma espécie de cláusula de vitrine. Ou seja: o Santos lucra com uma possível venda do atacante e vice-versa. O clube paulista ainda permanece com 50% dos direitos de Zeca, bem como os gaúchos mantêm a mesma fatia do atacante.

A polivalência de Zeca serve como um dos trunfos a Odair Hellmann. A dupla trabalhou junta na Olimpíada de 2016, quando o Brasil conquistou o inédito ouro olímpico. Na ocasião, o lateral, que teve Odair como auxiliar de Rogério Micale, atuou na esquerda.

Globo Esporte