Português Italian English Spanish

Eduardo Brito já trouxe três candidatos a deputados estadual para Mamanguape entre 2010 e 2018

Eduardo Brito já trouxe três candidatos a deputados estadual para Mamanguape entre 2010 e 2018

O que será que eles já fizeram pela Rainha do Vale?

 

Como é de costume, às vésperas de uma campanha eleitoral, o ex-prefeito de Mamanguape Eduardo Brito é visto pelas ruas com o seu candidato a deputado estadual, o seu xará Eduardo Carneiro, atual vereador da capital paraibana. Também, como é de costume, o ex-prefeito agora pede votos para um candidato diferente daquele que ele apoiou nas eleições passadas. Diante disso, o Rede PB decidiu fazer uma coletânea de deputados que já foram trazidos por Eduardo, suas respectivas votações e, principalmente, o que já foi feito por tais deputados em prol da Rainha do Vale. Confira:

 

Eleições de 2010: Caio Roberto

Nas memoráveis Eleições de 2010, Eduardo fazia parte do PSB e, em um ato controverso, decidiu trair o seu colega de partido, Ricardo Coutinho, que estava disputando as eleições contra Zé Maranhão. Eduardo apoiou Zé Maranhão que, na época, estava a frente do Governo do Estado. Para deputado estadual, Eduardo decidiu apoiar o filho de Wellington Roberto, Caio Roberto, que tinha apenas 25 anos. Energizado pelo apoio das máquinas da Prefeitura de Mamanguape e do Governo do Estado, Eduardo conseguiu "dar" 6.145 votos para Caio Roberto. Sem dúvidas, uma votação formidável. Caio foi eleito... e Ricardo Coutinho também. No entanto, nos perguntamos... O que será que Caio Roberto fez, durante o seu mandato, por Mamanguape para corresponder a essa grande votação? Apesar de ter alguns projetos envolvendo outras localidades da Paraíba, a dolorosa verdade é que o parlamentar não trouxe nada de concreto para Mamanguape, tampouco para a região. Basta conferir o seu empenho nas atas de sessões no site da ALPB durante o período.

Imagem relacionada

Em 2014: Eduardo pediu votos para Cássio e Bruno Cunha Lima

 

Eleições de 2014: Bruno Cunha Lima

Em 2014, Eduardo aparece com outro candidato: Bruno Cunha Lima, com 24 anos e também oriundo de uma tradicional família de políticos. Dessa vez, abatido com uma alta impopularidade e pelas obras executadas na cidade pelo governador Ricardo Coutinho (seu opositor), Eduardo conferiu 3.165 votos para Bruno. Mesmo tendo quase a metade da votação que Caio tivera em 2010, Bruno ainda foi o candidato a deputado mais votado da cidade. No entanto, mais uma vez, o candidato de Eduardo Brito não trouxe nada para Mamanguape. Novamente, basta conferir o seu empenho nas atas de sessões no site da ALPB durante o período. Pode parecer preguiça do redator, mas infelizmente, Caio e Bruno não trouxeram nada de relevante para Mamanguape. Essa é a triste realidade.

 

Eleições de 2018: Eduardo Carneiro

Com as eleições batendo a porta, Eduardo aparece com mais um candidato... também chamado de Eduardo Carneiro, vereador de João Pessoa. O ex-prefeito terá grande dificuldade em convencer a população para votar em seu candidato pelos fatores a seguir enumerados:

1- É opositor a Ricardo Coutinho. Mamanguape é tida como uma das cidades da Paraíba onde RC tem a maior popularidade;

2 - A prefeita Eunice Pessoa, aliada de Ricardo Coutinho, tem se destacado pelas obras que vem implementado na cidade;

3 - A ascensão do deputado Ricardo Barbosa na região, que articulou a reestruturação da Bica de Sertãozinho, maior parque turístico do Vale do Mamanguape;

4 - O rompimento com a família Fernandes fez com que Eduardo perdesse grandes lideranças; 

5 - É o terceiro candidato que ele apresenta. Os outros dois deputados trazidos por Eduardo em 2010 e 2014 não fizeram nada pela cidade;

6 - O próprio ex-prefeito tem certa impopularidade na cidade.

 

Em um momento de crise política, os eleitores brasileiros estão cada vez mais exigentes em relação aos seus candidatos e o mesmo se aplica aos cidadãos mamanguapenses, que estão mais atentos do que nunca às propostas e, principalmente, ao que os políticos já fizeram pela sua cidade. 

 

REDE PB