Português Italian English Spanish

JACARAÚ: Oposição sai muito mais forte que o prefeito após as eleições

JACARAÚ: Oposição sai muito mais forte que o prefeito após as eleições

Eleições estaduais consolidam a força das oposições, mas grupos oposicionistas precisam se unir.

A cidade de Jacaraú sempre surpreende toda a região com suas reviravoltas políticas. Após a inesperada vitória de Elias Costa para prefeito em 2016, seguido do rompimento político da atual vice Adriana Catolé com Elias e, agora, a solidificação das forças das oposições, que performaram muito melhor do que o prefeito nas eleições de 2018.

Ora, é de praxe entre a classe política que se mede a força de determinado grupo político municipal em eleições estaduais pela votação que o deputado estadual apoiado por eles obteve. Diante disso, vamos aos números. A deputada Camila Toscano, apoiada pelo prefeito Elias, teve exatos 1.755 votos. O candidato apoiado pelo ex-prefeito João Ribeiro, Hervázio Bezerra, teve 1.589 votos. Ou seja, trata-se de uma pequena diferença. No entanto, a conta vai mais além... A vice-prefeita Adriana Catolé, hoje opositora ao prefeito, foi candidata a deputada e obteve impressionantes 1.354 votos, se consolidando como uma potência política na cidade. Além disso, o deputado estadual Caio Roberto, apoiado por outros setores da oposição como o vereador Perón Filho, teve 1.006 votos. Esses quatro grupos políticos - os principais, diga-se de passagem - foram responsáveis por mais de 63% dos votos válidos da cidade para deputado, portanto, vamos ignorar as votações dos demais candidatos a deputado (apenas esses quatro tiveram mais de 400 votos).

SITUAÇÃO: 1.755 votos
OPOSIÇÃO: 1.589 + 1.354 + 1.006 = 3.949 votos

Como diria o folclórico e eterno candidato a presidente, Eymael: "Sinais, fortes sinais". De fato, são sinais de que a bola do prefeito não anda tão cheia como ele pensa. No entanto, o maior problema da oposição é ela mesma. Desunida e tendo alguns de seus componentes vez ou outra acenando para o prefeito, a oposição precisa debater o nome que pode unir tais forças para as futuras eleições municipais. Dia 07 de outubro marcou o fim das eleições estaduais, mas também marcou o início das articulações para 2020. ?

REDE PB